FRASES PAULO MAZAREM







A AUSÊNCIA DE MEMÓRIA HISTORIOGRÁFICA É DECORRENTE DA INVISIBILIZAÇÃO DOS SABERES CULTURAIS QUE NOS FORAM NEGADOS.

QUEM NÃO SE SUBMETE A UMA AUTORIDADE VISÍVEL, JAMAIS SE SUBMETERÁ A UMA AUTORIDADE INVISÍVEL. (1 JO 4. 20)


JESUS MORREU NA CRUZ NÃO PARA SALVAR APENAS O CORPO, MAS TAMBÉM A SUA MENTE. 

JESUS JAMAIS SERÁ SENHOR DA SUA ALMA, ENQUANTO NÃO FOR SENHOR DO SEU BOLSO. A AVAREZA É UM ÍDOLO E MAMON É UM deus ABOMINÁVEL E DEUS NÃO ACEITA CONCORRENTES.

Pare de circunscrever toda a sua reflexão a respeito do mundo em temas estritamente religiosos, não há nada que um cristão não possa dizer, ler ou estudar. Acredito piamente que tudo está sob o comando e Senhorio de Jesus até o diabo.

Portanto, eu encontro Jesus em Feuerbach, Nietzsche, Marx, Alain de Botton, Carl Sagan, Galeano, Freud, Lacan, Morin, Bourdieu, Miles, Chomsky, Said, Eliade, Armstrong, etc... Enfim, onde houver verdade, beleza e bondade, Jesus (Deus) está presente.


De todos os mistérios de Deus o tema que mais me causa circunspecção é o da Salvação. 

Quem tem a resposta final desse assunto é sempre Deus e nunca o homem!


De todas as vozes existentes no mundo, nenhuma se compara a voz de Jesus. 1 Cor. 14.10
Você pode dar um pulo na Grécia, na Alemanha, na França, na Arábia, Espanha, Portugal, China, Pérsia, Índia e na África (locais onde nasceram os maiores pensadores da história e grandes místicos) e ao final irá constatar que é de NAZARÉ que procede a maior revolução da história do pensamento humano. #Metanóia

Onde abundou a ignorância, superabundou o desrespeito e a intolerância.


Quando você estiver realizando o projeto dos seus sonhos, vão se levantar Tobias, Gesém e Sambalate. Eles irão desdenhar o que você está fazendo. 

E não satisfeitos, irão convidá-lo para descer e abandonar o seu projeto. 

Não desça. Diga para eles que você está fazendo uma GRANDE OBRA e manda eles catarem coquinho lá em NÁRNIA.


A palavra de Deus é tão poderosa que mesmo não produzindo frutos em alguns corações, produz efeitos.  Ela é tão exitosa que os espinhos não podem cortá-la e as pedras não podem detê-lá. Esses são os efeitos da palavra. Ela nunca voltará vazia. Palavras sem efeito, são palavras jogadas ao vento ou aos porcos, são aquelas do caminho. Nestes a palavra não produz, nem efeito, nem frutos.
Porém, quando a palavra alcança uma boa terra ela produz frutos de cento por um e não de um por cento, sessenta por um e não de um por sessenta, trinta por um e não de um por trinta. 
Cada um na medida que acolheu a semente.
Quem muito creu, muito recebeu!

Não me engano mais com aparências, descobri que essência é tudo. 

Pessoas que geralmente geram uma má impressão a primeira vista, são pessoas que vão alegrar a sua vida. O importante nunca é o começo, mas sempre o final. 

Quem não senta para aprender não deveria nunca ensinar.

Se o evangelho é a tese, a religião a antítese, então Jesus é a síntese perfeita da vontade de Deus.

Só o tempo mostra quem é Quem!

O evangelho é imortal, seu fundador venceu a morte para eternizá-lo.

Com uma caneta eu consigo encaixar as palavras como uma luva encaixa a mão.

Não sou como alguns filósofos que escrevem para matar, mas tenho poder para isso se provocado. No entanto, quero paz, por isso não me provoque.

Minha pena pode ser bem pesada quando questionada pelos ares da ignorância. Capiche!





Deus não é uma invenção minha. Minha projeção e concepção à seu respeito é que é uma invenção minha.




Conhecer para conviver  distingui-se de conhecer para dominar, manipular ou colonizar. 


Não existe ciência sem crença e nem crença sem dogmas.
Até o relativo "é" absoluto, e aqueles que em nada creem, crédulos de sua descrença. 

Eu leio, (re)leio [...] postagens de supostos 'ateus' (que um dia foram cristãos) intelectualizados, que hoje ensinam apateísmo, agnosticismo e antropocentrismo e me pergunto qual a différance de um fundamentalista que prega sua verdade única, religiosa e absoluta para um pós-cristão e anti-religioso que ensina univocidade epistemológica, positivista e epistemícida?

Em mim há inúmeros. Sou polifônico, sou distinto, sou força, sou palavra desejada, sou aquilo que você não consegue/iu chamar pelo nome.
Minha especialidade? Neologismos.
Palavras são elásticas, customizáveis, dobráveis e esticáveis. Não discordaria que existem frases prêt-à-porter, mas sei (intencionalidade) que elas são criadas e pensadas para se alojar nos interstícios da racionalidade, da emoção, da política, das aspirações humana e das necessidades de se nomimar o existente sem (re)conhecimento, do tipo, "nomeie' logo, tudo existirá". Pois, o que é que sem nome, seja existente? Mude suas palavras e você mudará tudo ao seu redor. 

Algumas jornadas nós escolhemos, outras nos escolhem. 

Procuramos por uma epistemologia, mas encontramos saberes! Havíamos herdado no Ocidente uma metodologia Cartesiana, até conhecermos outras paisagens. Enfim, agora o ar se mostra epistemologicamente puro e a Ecosofia desvelou uma vez por todas a intenção daquela velha monocultura. 

Peço a Deus uma fé inteligente e uma inteligência cheia d e fé. "Que a minha inteligência não me impeça de crer e que a minha fé não me impeça de pensar". 

A ciência da religião não pretende desepistemologizar a ciência, nem encantar o sagrado, transcedente ou religioso, pelo contrário quer contemplar os saberes que foram reificados pela modernidade e desmonopolizar aquela unívoca razão Cartesiana que pretende e se esgotar em si mesma. 

O maior desafio de Jesus foi judaizar os judeus e o nosso? Cristianizar os cristãos!

Quando à alma está de joelhos em todo tempo, à posição do corpo na oração é o que menos importa.

Não viva para que sua presença seja notada, mas para que sua ausência seja percebida. 

A música é um devir, um vir-a-estar de representações que captura nossa sensibilidade estética e contemplação sonora. 

Para entender uma outra cultura é necessário estar desassediado de todo pré-juízo responsável pela manietação da curiosidade, investigação e agnose. 

Cristão é hermenêutica do evangelho de Cristo. 

O que aprendi até o presente momento é uma ilha comparada ao Oceano do que ainda não sei. 

O mundo está repleto de pessoas que fazem o que pode, então faça diferente, faça o MELHOR. 

Gostaria muito de discordar do princípio de atração e da lei da semeadura, mas estou convencido de que abismos atraem abismos e de que, o que homem plantar isso ele colherá. Sal. 42. 7; Gál. 6.7


Nietzsche matou Deus, mas não o Clero. Embora os seus mísseis niilistas tenham a pretensão de explodir com o Cristianismo, sua emblemática declaração à respeito da morte de Deus nada tem haver com o deicídio divino, até por que se é Deus não morre.
Como matar Deus? Logo, ele que é eterno, imortal, transcendente e Onipotente?

Deus está morto= Assinado Nietzsche

Nietzsche está morto= Assinado Deus.

Deus está mais interessado na mudança de sua natureza, do que na transformação do seu comportamento, isto por que só a primeira (mudança de natureza) pode converter e conservar a segunda (comportamento transformado) permanentemente intacta.

Atualizar não significa mudar, mas se (re)inventar. 

Excelência é um termo desconhecido daqueles que fazem o que fazem de qualquer jeito.


Não ande com quem quer ser carregado. Pois no dia em que te cansares, servirás de montaria. 

Siga os medíocres e te tornarás, imagem e semelhança deles. Siga os sábios e te tornarás mais sábio ainda.

Quem fala dos outros para você vai falar de você para os outros. 



Felicidade está em tudo aquilo que não se pega.
É um questão de essência e não de aparência. Por que essência não se vê é como espiritualidade. O que é espiritualidade? 
É tudo aquilo que não se pega.

Por exemplo, "afeto, sentimento e amor" é o que nos faz feliz, e isto não se pega, se sente, é uma questão de frequência.
Não façamos como aquele Senhor, que aos 90 anos de idade, sentado solitário na escada de seu prédio, começou a dizer, tenho tudo o que uma pessoa pode desejar, sou um homem rico, no entanto me sinto fracassado. Quando eu era jovem tinha sonhos de ter tudo o que o dinheiro podia comprar e não tive tempo para a minha família, nem amigos, não vi meus filhos crescerem, na verdade paguei pessoas competentes para educá-los, hoje trocaria tudo que adquiri para tê-los comigo, no entanto, quem não tem tempo para mim são eles, que pagam pessoas competentes para cuidar de mim.
Tenho tudo, mas sou infeliz, tenho sucesso, mas me sinto fracassado, por que o que traz felicidade não se pega [...] por que o que se pega, é apenas aparência e não essência.
Mas quem liga para isso, em um mundo onde o que importa é a aparência?



Em nossa sociedade a ideia de propósito é/foi rapidamente substituída pela ideia de utilidade ou utilitarismo para ser mais cirúrgico. Deste modo como dizia Sartre não existe "telos" e a filosofia/teologia estadunidense do pragmatismo triunfa nos arraiais civis e eclesiásticos.
Como diz Richard Rorty (o neopragmático) não existe verdade o que existe é o que dá certo e o que funciona. 
Assim, o pragmático não está interessado em valores, verdade, princípios, etc. O que importa é adesão, é procura, se funcionar e der resultados, então, logo os fins justificam os meios. 

Para um pragmático os meios não determinam os fins, entende?

Mas a massa amorfa e acéfala está entretida demais com suas utopias para perceber isso!
A existência precede a essência, logo existimos não por causa de nossa finalidade ou essência, pois quem dá sentido ao fim último, somos nós (liberdade) entendes isso?
Mas me parece que o pragmatismo também triunfa sobre a liberdade (Sartre) prescrevendo uma ética pautada puramente em estatísticas.



Qual é o limite do humor ou da piada?
O limite do humor é o respeito às diferenças. Rir das minorias ou de qualquer grupo social é moralmente errado.
É um traço sádico de pessoas sem estatura ética.

Charles Chaplin, por exemplo, nunca ria do fraco. Pelo contrário, seu alvo era o militar arrogante e o político corrupto!

Portanto, na hora de piadinhas, cuidado!

Por que você pode estar alimentando preconceitos, infantilizando o ininfantilizável e cometendo violência(s) moral, psicológica e simbólica(s).

Apesar de ser garantida por lei, a liberdade de expressão pode ser questionada a partir do momento em que passa a prejudicar os outros.

A pessoa ofendida tem o direito, assegurado pelo artigo 5º, nos incisos V e X, de ser reparada pelos danos sofridos, sejam eles morais ou materiais.
É como diz o velho ditado: a liberdade de um termina onde começa a do outro.



Preserve a sua alma diante dos sistemas de morte, pensados e instrumentalizados para sugar o afeto, a sensibilidade e a energia da vida, transformando em objeto tudo aquilo que por ele é transpassado. Não seja parafuso, porca, prego, objeto nas mãos de quem usa a razão para dominar, manipular e alimentar os desejos de poder, glamour e fama. 

QUAL É O SENTIDO DA VIDA?

A palavra "sentido" implica em direção ou lógica. 

A exemplo de alguém que solicita uma informação a respeito de um lugar e ao abordar a primeira pessoa que esta encontra a pergunta é onde é tal lugar? Ao que a resposta quase sempre que se tem é, você vai nesse "sentido", isto é, nessa "direção" para chegar a tal lugar. No entanto a palavra "sentido" comporta uma certa carga de coerência. Você fala alguma coisa incoerente e alguém replica, isso o que você acabou de dizer não faz o minimo "sentido", portanto, ilógico.



MAS QUAL É O SENTIDO DA VIDA?

Nesse "sentido" cada um dá a direção que deseja, motivo pelo qual a vida de uns jamais faria "sentido" se fosse transferida para outrem. De fato a vida alheia para muitos só é desejada quando esta é abastecida pelo dinheiro que segundo alguns também traz sentido para vida. Mas será que traz mesmo?



Por exemplo:
Para os epicuristas, estoicos e pirronistas o sentido da vida estava na busca pela "ataraxia", isto é, por um vida de quietude absoluta, marcada pela ausência de pertubação, "sem striputu" psicológico e ontológico que sacode a consciência humana.
Já para os existencialistas ateus (Sartre) a vida não tem sentido, na verdade segundo eles é você quem dá sentido para a vida.
Para os niilistas (Nietzsche) a vida é uma máscara que oculta as intencionalidades de uma "vontade de poder" de uns sobre outros talvez seja por essa razão que o sentido da vida para alguns esteja na politica.
Para muitos Orientais o sentido da vida está no ápice dos karmas, o nirvana, plenificação do atman.
Enfim para os Jainistas o sentido da vida está em observar um principio ético chamado Ahimsa de não violência a qualquer forma de vida refletindo um processo de evolução hic et nunc para o além vida e no eterno retorno.
Poderia elencar aqui outras tradições religiosas e cosmovisões para apresentar a todos que me leem que o sentido da vida passa por uma série de interpretações que estão subalternas a um desdobramento "ad infinitum" dado às múltiplas interpretações que podem ser dadas a pergunta o que é a vida ou qual o sentido da vida.
Para uns são as drogas, para outros as festas, para outros a comunidade na favela, para outros em uma fazenda, para outros Jerusalém, Flórida, Brasilia, etc...
De fato todos procuram dar um sentido a vida, uns com o trabalho, outros com a religião, outros com o(s) esporte(s) outros com a Arte e outros com o NADA.
Nesse sentido cada um "está" a procura de um sentido. de uma direção, de um caminho para se estar. Por que de fato a única coisa que nos resta na vida é o estar.


Estamos professores.

Estamos pedreiros

Estamos advogados.

Estamos pastores.

Estamos vereadores.
Estamos funcionário público.
Estamos empresários
Estamos pedreiros.
Estamos diaristas.
Estamos pais e mães.
Estamos, estamos e estamos ... E por que estamos?

Estamos por que não somos, estamos por que o dia e a hora da expiração do nosso corpo biológico não está determinada, estamos por que tudo passa, tudo passará. Estamos por que morremos e morremos para ser.

Então é o estar que dá sentido a sua vida. 
Já que não podemos ser felizes em absoluto nessa vida, a única coisa que nos resta é escolher o que pode dar sentido para a vida.
Você já escolheu? Você sabe qual é o sentido da vida?


Os cristãos sabem qual é o sentido da vida, sim, eles sabem quem é a vida, quem dá a vida e qual direção a vida pode tomar quando ele é Senhor da vida humana.

Dar sentido a vida é uma questão de escolha!

Eu sou o caminho (direção) eu sou a verdade (sentido) e EU SOU A VIDA.


A pior pobreza que alguém pode ter não é a econômica. E os verdadeiros mendigos não são aqueles que pedem esmolas, até por que estes o fazem para alimentar o corpo. 
Os pedintes que mais sofrem são aqueles que suplicam por atenção, afeto e reconhecimento dos outros, estes querem nutrir a alma com alimento que só Deus pode dar.  #Valorize-se

Você não depende de emprego, pois empresas fecham. Você não depende de reconhecimento dos outros, pois o autoconhecimento é o maior reconhecimento que alguém pode possuir. Você não precisa ficar na mão dos outros é preferível estar nas mãos de Deus. Temes o quê?

Não sejamos infantilóides nem nenezões.


PAULO MAZAREM. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALIMENTAÇÃO DOS TEMPOS BÍBLICOS

RESENHA DO FILME TERRA VERMELHA

RELIGIOSIDADE NA ERA PALEOLÍTICA/NEOLÍTICA