SEXO E PODER NA IGREJA CATÓLICA - A HISTÓRIA QUE VOCÊ (DES)CONHECE


TRANSCRIÇÃO DO DOCUMENTÁRIO: HISTORY H2

Como o Sexo Mudou o Mundo - Sexo na Igreja, Católica, Prostituição, Sexo Pago.

   "Na verdade o que a igreja proibia era freelancers e prostitutas de rua que não trabalhavam para ela". (fragmentos do documentário). 


SEXO E IGREJA

O sexo de fato é um dos temas mais polemizados da história, mas nem sempre foi assim, acredite.  Na idade média você nem imagina onde as pessoas iam para encontrar as suas prostitutas preferidas? 

Não há dúvidas que a igreja católica tem uma relação litigiosa com o sexo e prostituição. A igreja moderna acha que o ato sexual é sagrado dentro do contexto de um relacionamento marital e que todo ato sexual fora do casamento é um pecado grave. Mas nem sempre foi assim. No inicio da idade média viu o sexo sob uma luz diferente. 

No século IV a igreja católica começou a ascender ao poder e virou uma das forças que definiam a cultura da Europa, o governo e a vida na Europa. Como a igreja estava tentando mais poder uma das coisas que ela tinha que lidar era a sexualidade. O sexo fora do casamento não era permitido, mas a igreja católica percebeu que não poderia inibir o sexo por completo, nem podia impedir a venda do sexo por completo, a igreja via o sexo como um mal necessário que deveria ser considerado de um jeito limitado. 

E o que fizeram a respeito?

Os padres da igreja criaram uma justificativa para permitir a prostituição. Eles falaram, bom a prostituição era/é errada, mas as prostitutas são necessárias. 

A igreja católica não só permitiu, como promoveu e patrocinou a prostituição, criando os seus próprios bordéis em toda Europa.  É isso mesmo, a igreja Católica operava os seus próprios Bordéis. 

HISTÓRIA

O bordel da igreja foi formado durante a idade média, e é claro a renda dele(s) fluía para a igreja e permitia que a igreja licenciasse mais bordéis. A renda dos bordéis foi essencial para o crescimento da igreja católica romana na idade média. E até os mais altos oficiais abraçaram a ideia. 

O Bispo de Winchester na idade média costumava alugar quartos para prostitutas. Era um fato tão conhecido que as pessoas iam até lá, para visitar aquilo que as pessoas chamavam de "frangas de Winchester". E isso, foi apenas o começo. 

Pois, o grande conselho de Veneza declarou no Séc. XV que a prostituição era indispensável para o mundo. A rainha Joana de Nápoles chegou a abrir um bordel bem perto da residência do Papa e ela deu ao convento local, total controle desse bordel.

Você deve achar que o Papa teve grandes problemas com a prostituição em sua vizinhança? Mas está errado. 

Na ascensão do renascimento o Papa VI taxou  a prostituição, o Papa Alexandra alugava 
quartos em bordéis para prostitutas.  [...] 

Na verdade o que a igreja proibia era freelancers e prostitutas de rua que não trabalhavam para ela. 



A igreja católica era uma entidade espiritual, governamental e econômica, mas isso não é tudo. Além do clero, bispos e papas se envolverem com a taxação de prostituição e administração de bordéis, eles também eram clientes.

Muitos dos padres da igreja de vários status não tinham nenhum interesse no celibato, e pra apaziguar os poderosos era necessário supri-los com atividade sexual regular. 

Na verdade em um dado momento vinte por cento (20%)  de todos os clientes que visitavam prostitutas eram do clero. Especialistas estimam que por quase mil 1000 anos que os homens supostamente elevados e as damas da noite foram colegas de trabalho. 

Mas tudo mudou no séc. XVI com a reforma protestante questionou o serviço sexual da igreja católica. 

Quando Henrique VIII forçou a separação da igreja da Inglaterra de Roma a igreja católica reavaliou os seus métodos e fechou os bordeis. 
Isto, por que a prostituição não era boa para as relações públicas, mas certamente ajudou a financiar a ascensão da Igreja no poder. Isso serve para mostrar que nunca se sabe onde é possível encontrar sexo a venda.

Fãs de PROSTITUTAS

Conta-se que Santo Agostinho ficou famoso por dizer: "dai-me castidade, mas não agora". 

Ele não estava sozinho, vinte por cento (20%) do Clero fazia visita regulares a bordéis da igreja. 

Mas as prostitutas não só prestavam serviços sexuais para o clero, elas também eram usadas como modelos para pinturas de anjos e santas na arte sacra. 

Ao fornecer um serviço valioso que garantia um lucro considerável, até mesmo a igreja católica não podia negar o valor do sexo à venda. 

Ver também:

Vidas privadas - Los Borgia - la papisa - el reinado de las prostitutas T0-48-06 . Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=ztcsKRWrpbY > acesso em: 16 dez. 16


Referências: 

Como o Sexo Mudou o Mundo - Sexo na Igreja, Católica, Prostituição, Sexo Pago. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=oFomRDm_az4 > Acesso em: 16 dez. 16

Paulo Mazarem
São José
16 dez. 16

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALIMENTAÇÃO DOS TEMPOS BÍBLICOS

RESENHA DO FILME TERRA VERMELHA

RELIGIOSIDADE NA ERA PALEOLÍTICA/NEOLÍTICA