O SÍMBOLO DO PEIXE



Todas as crenças através do mundo e das épocas consagram um papel essencial ao peixe.    
                
O único a ter sobrevivido ao famoso dilúvio, o peixe, armado dessa força vital, detém também aquela qualidade de viver entre duas águas, na proximidade do mundo dos homens e bem acima dos abismos, fontes do caos primordial. O peixe vive num mundo proibido aos seres humanos.

Apavorado  pela força dessas aguas,  consciente de que uma morte no mar é uma morte sem sepultura, portanto sem acesso a uma vida eterna, o homem atribuirá ao peixe qualidades vitais de fertilidade e cura.
Certos médicos dos reis assírios vestem um traje de peixe para cuidar melhor seus pacientes,  e, 2 mil anos mais tarde, o próprio Jesus será qualificado de “grande peixe”, ou seja, “ médico dos médicos” da humanidade.

Na china, o peixe é obrigatório numa refeição de casamento. Suas centenas de ovos simbolizam a fertilidade do casal e a promessa de numerosos filhos.

Referências:


Banom, Patrick, Para conhecer melhor as religiões; SP, Claro Enigma, 2010.


Paulo Mazarem
Florianópolis
27 Jul. 2014.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALIMENTAÇÃO DOS TEMPOS BÍBLICOS

RESENHA DO FILME TERRA VERMELHA

RELIGIOSIDADE NA ERA PALEOLÍTICA/NEOLÍTICA